Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020
Pela primeira vez em seu período democrático, o Brasil é alvo de uma recomendação oficial para que o governo seja objeto de uma investigação internacional por suas políticas ambientais e de direitos humanos. A iniciativa partiu do relator especial da ONU (Organização das Nações Unidas), Baskut Tunkat, responsável pelos temas de resíduos tóxicos e direitos humanos. [Na foto: Moradores reunidos no terreno onde será o Piquiá da Conquista. (Arquivo Justiça nos Trilhos)].

A proposta de Baskut Tunkat é de que o Conselho de Direitos Humanos aprove a abertura de uma investigação. Para que isso ocorra, porém, governos teriam de apresentar um projeto de resolução e aprovar a proposta por um voto da maioria. (Leia a notícia completa, clicando aqui)

Bolsonaro na ONU, 24 de Setembro de 2019. Imagem: REUTERS/Lucas Jackson.

Para mais informação, consulte os seguintes links:

Relatório da ONU afirma que a Vale teve uma “conduta criminosa imprudente” em Brumadinho

ONU cobra responsabilidade do Governo Brasileiro sobre poluição de empresas mineradoras no Maranhão

Confira a matéria completa: ONU denuncia violação de direitos humanos na região de Piquiá do jornalista Sidney Pereira - JMTV 2° edição (16/09/2020)

Em relatório, ONU cobra responsabilidade do Governo Brasileiro em relação à comunidade de Piquiá (Açailândia-MA)

ONU cobra Governo brasileiro pelas violações de direitos em Açailândia (MA): [A entrevista desta quarta-feira (16/09), no Radiojornal Tambor, que será transmitido via Facebook (AgenciaTambor), às 11h, será com Francisca Sousa Silva (dona Tida)].