D. Claudio Dalla Zuanna apela os fiéis a cuidarem uns dos outros como propõe Papa Francisco

Immagine

Terça-feira, 5 de Janeiro de 2021
O apelo foi feito na manhã da última sexta feira, 1 de Janeiro, durante a celebração eucarística por si presidida na Paróquia Nossa Senhora de Fátima – cidade da Beira, por ocasião das celebrações do 54º Dia Mundial da Paz e da Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus.

Durante a homilia, o Prelado da Prelazia da Beira focou-se na mensagem do Papa Francisco, por ocasião do dia mundial da Paz, cujo é “A Cultura do cuidado, como Percurso de Paz”, e chamando atenção aos presentes na missa e citando o Sumo Pontífice, Dom Cláudio falou sobre os acontecimentos que marcaram o ano de 2020, estes que ensinam sobre a necessidade de cuidar uns dos outros, uma vocação recebida de Deus.

Transcorrendo os escritos do Papa, o Arcebispo recordou aos presentes na celebração que a vida Cristã deve ser orientada pela Doutrina Social da Igreja, pois através dela os fiéis podem entender sobre a promoção da dignidade e o cuidado da pessoa, incluindo o cuidado do bem comum, tendo como exemplo prático a questão do acesso as vacinas contra o coronavírus.

Dalla Zuanna, continuou a sua homilia alertando os crentes sobre a necessidade do cuidado do meio ambiente, evitando assim as mudanças climáticas, recordou ainda a passagem da tempestade tropical Chalane na cidade da Beira, fenómeno este que é resultante da acção dos seres humanos. O Arcebispo da Beira, Dom Cláudio Dalla Zuanna, concluiu a sua homilia apelando aos Cristãos a aceitar o convite proposto pelo Papa Francisco, o de cuidar uns dos outros percorrendo o caminho de Paz.

Importa referir que o dia mundial da Paz, foi criado pelo Papa Paulo VI em 1967, e a primeira celebração foi em 1968.

[Rogério Maduca, RP - Beira]