Segunda-feira, 9 de Dezembro de 2019
A Comissão Nacional Justiça e Paz (CNJP) [de Portugal] apela às empresas para que respeitem os direitos dos trabalhadores e “cuidem da comunidade envolvente”, e a todos os cidadãos para que assumam um papel de recusa de “qualquer colaboração na corrupção, de denúncia do fenómeno e, sobretudo, de difusão de uma cultura de honestidade e de serviço ao bem comum”.
[Ilustração: Wikimedia Commons. Um aperto de mãos sem dinheiro no meio].