Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019
Cerca de 40 missionários combonianos da província do Brasil estiveram reunidos de 15 a 18 de Janeiro, em assembleia anual, no Centro de Formação Sagrada Família, localizado no bairro Ipiranga, em São Paulo. Durante a celebração conclusiva, fez-se o envio do padre Ricardo Borges de Sousa, recém-ordenado, que irá como missionário para a África do Sul, e dos dois postulantes brasileiros, Alex e Leandro, que seguem para o noviciado, no México.

Os participantes da assembleia vieram das três grandes regiões do Brasil – norte, nordeste e sul – onde eles evangelizam e animam a Igreja local para a missão. A assembleia provincial é sempre um momento forte de comunhão, partilha missionária e oração.

No primeiro dia, os missionários reflectiram e rezaram sobre como enfrentar os conflitos de hoje à luz da experiência de Jesus de Nazaré. Em seguida, lançaram um olhar sobre a situação sociopolítica, económica e religiosa do Brasil.

Os missionários foram assessorados pelo Padre Júlio Lancellotti, que convive com os moradores de rua em São Paulo, pela leiga Luiza Erundina, militante política e também deputada, e pelo missionário Carlista padre Alfredo Gonçalves, que trabalha com imigrantes.

Depois, os missionários fizeram uma avaliação e reflexão sobre como viveram a missão no ano passado e como as comunidades seguiram as prioridades estabelecidas, a partir de uma análise institucional feita pelos membros da província, e como vivenciaram o processo de revisitação e revisão da Regra de Vida do Instituto comboniano.

Os últimos dois dias de assembleia foram dedicados à reflexão sobre a interculturalidade, o tema proposto para ser trabalhado durante este ano de 2019 a nível de todo o Instituto. Espera-se que estes momentos formativos ajudem os missionários a viverem a missão com mais entusiasmo, capacidade e paixão.

A assembleia serviu também para aumentar o conhecimento recíproco entre os missionários. Durante a celebração conclusiva, fez-se o envio do padre Ricardo Borges de Sousa, recém-ordenado, que irá como missionário para a África do Sul, e dos dois postulantes brasileiros, Alex e Leandro, que seguem para o noviciado, no México.

P. Afonso Cigarini, P. José Amaral Boaventura e P. Francesco Lenzi.